CONSTRUTORA

25 de outubro: dia do engenheiro civil

No dia 25 de outubro é celebrado o dia do engenheiro civil, você sabia? Pensando em parabenizar os profissionais que desempenham essa função, decidimos fazer este artigo esclarecendo um pouco sobre o papel essencial que cumprem para a sociedade.

Por que dia 25 de outubro?

A data escolhida faz referência ao dia da beatificação de Frei Antônio de Sant’Ana Galvão, o padroeiro da construção civil no Brasil.

Segundo o autor da Lei 13.359/2016 que instituiu o Dia Nacional do Patrono da Construção Civil e dos Profissionais da Engenharia Civil, o então senador José Agripino (DEM-RN), o objetivo da proposta  é reconhecer a relevância da construção civil e dos profissionais que atuam no setor para o progresso nacional e também, conceder a Frei Galvão uma justa homenagem.

O que faz um engenheiro civil?

O engenheiro civil é o profissional designado para elaborar, criar, projetar, avaliar e construir obras e edificações, tais como prédios, rodovias, residências e outras. Além disso, também pode desenvolver projetos elétricos, hidráulicos e de produtos.

Algumas de suas principais funções, são:

  • Elaboração de projetos

Todo projeto precisa de uma boa elaboração para ter os recursos materiais, de mão de obra e outros na disponibilidade adequada para sua execução. Sendo assim, o engenheiro civil desenvolve relatórios, mapas e outros dados referentes ao planejamento e a execução do projeto.

  • Monitoramento de construção

Essa tarefa desempenhada pelo engenheiro civil visa minimizar e otimizar os recursos consumidos ao longo de toda a execução da obra. Quando um bom planejamento é feito, o profissional trabalha seguindo o cronograma e contornando desafios imediatos.

  • Fiscalização de obras

A fiscalização da obra garante que a mão de obra se comprometa com a segurança e desempenho da construção. Sendo assim, o engenheiro avalia se todas as regras estão sendo seguidas e como melhorar a evolução de obra.

  • Perícia

Já a perícia, refere-se a análise cuidadosa sobre a obra, oferecendo laudos técnicos em processos judiciais que incluam pessoas físicas, jurídicas ou órgãos públicos, sendo uma tarefa de muita responsabilidade.

Outras tarefas também são relevantes e definidas pela Resolução 218/73, como estudo, coordenação, assistência, direção de obra, vistoria, perícia, execução de desenho técnico referente a edificações, estradas, pistas de rolamentos e aeroportos, sistema de transportes, de abastecimento de água e de saneamento; portos, rios, canais, barragens e diques; drenagem e irrigação; pontes e grandes estruturas; seus serviços afins e correlatos.

Agora que você já conhece um pouco mais sobre essa profissão, que tal parabenizar quem a exerce?

Compartilhar post

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on print
Share on email